Marketing do sonho: como a loteria ganha milhões de consumo

De uma maneira ou de outra, o marketing parece convencer os consumidores a acreditar em um futuro melhor, como um sonho. A participação do consumidor em todos os jogos da Mega-Sena mostra que o público está ávido em criar ou ganhar uma perspectiva positiva. 

De fato, é possível observar que cada jogo conta com um número grande de apostadores, principalmente aqueles que estão esperando muitos milhões como prêmio. Isso demonstra a grande jogada que as loterias conseguem fazer. 

O que mantem muitos jogadores querem participar é a possibilidade de conquistar o prêmio principal, mesmo sem saber como ganhar na lotofácil de um jeito muito simples. 

Quem joga na loteria?

Quase metade de todos os adultos brasileiros, cerca de 181 milhões de pessoas, afirma ter jogado na loteria dos diferentes tipos. A parcela de brasileiros que compraram bilhetes de loteria atingiu um pico em 1999, 57%, antes das vendas da loteria desacelerarem. 

Mas em 2016, os brasileiros voltaram a se interessar mais pela loteria, com cada vez mais pessoas participando. E, de acordo com o Google Trends, o volume de pesquisas para a palavra-chave “loteria” aumentou constantemente nos últimos cinco anos.

Dados demográficos dos jogadores de loteria

Gênero: da base de consumidores de bilhetes de loteria do estado em 2017, 55% dos jogadores de loteria eram do sexo masculino.

Renda: os consumidores que se identificam como de baixa renda têm menos probabilidade (40%) de comprar bilhetes de loteria ou de participar de outras atividades de jogos de azar, em comparação com os consumidores entre as faixas de renda média (56%) ou alta (53%).

Educação: 47% de todos os brasileiros com diplomas do ensino médio ou credenciais equivalentes dizem que compraram um bilhete de loteria, que é um pouco menor do que aqueles com níveis mais altos de educação.

Como pensar em uma campanha de marketing de loteria?

A base de consumidores da loteria é bastante diversa e apresenta um desafio para o marketing, mas a única coisa que muitos consumidores da loteria têm em comum é a esperança no futuro e a conquista do prêmio milionário.

Boa parte dos consumidores acreditam que, eventualmente, ganharão na loteria. Os esperançosos compradores de bilhetes de loteria dizem que usarão seus ganhos para o seguinte:

  • 71% dos jogadores da loteria usarão seus ganhos para quitar dívidas
  • 62% tiram férias
  • 58% dará para suas famílias
  • 51% compram carros novos
  • 45% doarão para instituições de caridade

Quais loterias implementam marketing atraente?

Não é possível ver tantas loterias clássicas com uma propaganda na televisão ou rádios, mas eles estão ali. Alguns outros jogos que não fazem parte do meio das Loterias da Caixa também se aproveitam mais desse marketing.

É possível ver propagandas chamativas, engraçadas, chamando a atenção do público. Além disso, mostram ganhadores e isso faz com que seja mais fácil para os participantes conseguirem se identificar com isso.

Dessa forma, fica difícil não querer participar, conquistando os consumidores por valores baixos de apostas e que prometem ganhar muitos milhões com os prêmios. A facilidade de apostar também permite que cada vez mais pessoas comecem com isso.